Custa caro ter casa ecologicamente correta

Comente

Durante um encontro que discute a sustentabilidade, a “Feira das Cidades Sustentáveis”. O arquiteto espanhol Luis de Garrido, disse que hoje e dia construir uma casa sustentável custa mais do que construir uma residência convencional. Segundo o arquiteto, o normal é quando algo que agride o meio ambiente tem um valor financeiro maior. Mas para ele, a maior parte dos produtos ecológicos hoje, na realidade não são. A palavra “ecológica”, conforme Garrido, ganhou um significado diferente e ocupa uma dimensão política e econômica que o coloca em lado contrário do que vem a ser  sustentável. Mas e como então podemos conciliar a arquitetura sustentável com menores custos? De acordo com o arquiteto é necessário buscar um conceito que seja baseado em componentes biodegradáveis, ou seja, uma integração com o ecosssitema e o planejamento energético da moradia. Antes de levantar os custos da construção com o uso de tecnologias renováveis, a obra sustentável deve ter em conta os aspectos bioclimáticos. Com um planejamento dos espaços pode-s econseguir resultados positivos.

março 19th 2011 Sustentabilidade brasileira

2 Respostas to “Custa caro ter casa ecologicamente correta”

  1. JAIR JOSÉ PINA Says:

    Acredito no Brasil Sustentável,mas o incentivo para esta realidade acredito estar longe, pois esbarram no interesse de vário setores, por exemplo queria um aquecedor solar, mas que tivesse baixo custo, no entanto encontro dificuldades, pois um pronto é caro para compra, e praticamente não há alternativas por exemplo cursos confeccção de baixo custo, se tiverem informações a respeito favor me enviar por email;
    desde já agradeço
    Jair

  2. Saulo Says:

    Obrigado.

Deixe uma resposta